Na tarde de sábado (23), cerca de 30 jovens negras de Serra Talhada e região estiveram na mesa de debates do II Aniversário do Coletivo Fuáh, no Museu do Cangaço. A novidade é que as fuáhs também irão construir o movimento Marcha Mundial das Mulheres de Pernambuco no intuito de fortalecer as discussões de gênero e o enfrentamento às violências contra a mulher.

À noite, as mulheres se reuniram na Praça Agamenon Magalhães para um momento cultural ao som de Radiola Serra Alta, Manu Silva e o Dj Róbson Marques. O evento lotou a praça da Concha com a proposta de transformar o espaço, que está sendo alvo de marginalização pela sociedade, em um ambiente de cultura e lazer para os jovens.

    

E se você gostou de alguns desses itens do movimento, você pode adquiri-los no Ateliê Negra Lua, na Rua Horacio de Andrade, 194, Centro.

 

 

*Com informações e fotos Manu Silva

Deixe um comentário: