by rochany rocha Destaques Marketing Pessoal Moda

Dicas para otimizar seu guarda-roupas

Modelo de Closet
Moda consciente - Dicas para organizar o guarda-roupas.

Temos 12 dias de 2021 vividos e eu pergunto a você, que tal aproveitar o início de 2021 para, enfim, colocar as suas roupas em ordem e eliminar do armário o que não usa mais?

Bom, sei que essa tarefa parece ser muito difícil, primeiro porque a gente acaba tendo uma apego sentimental pelas peças e, para mulheres, nunca temos roupas suficiente.

Segundo, só de pensar na bagunça que dá, tirar tudo e ir arrumando, peça por peça, já dá uma canseira…

Pensando nisso, separamos algumas dicas importantes para que você consiga organizar suas roupas e acessórios, dentro da perspectiva da moda consciente.

Nós já falamos outras vezes aqui sobre isso e vamos falar muito ainda. É chique ser consciente na moda e nós estamos nesta perspectiva. Não só para poupar nosso meio ambiente da produção em grande escala, mas também com objetivo de otimizarmos nosso tempo. Afinal, não temos mais tanto tempo assim para gastarmos em frente ao guarda-roupas, não é verdade… Mas deixa de papo e vamos às arrumações?

 

  1. Tenha consciência do seu espaço:

Ter um guarda-roupa em ordem otimiza a sua rotina, facilita o manuseio das suas peças de maneira eficiente, levando você ao melhor aproveitamento de tudo o que tem.

A partir disso, você consegue começar a planejar a sua organização. Se você tem um espaço pequeno, por exemplo, precisa ser criterioso ao escolher o que fica e o que vai sair.

Comece separando as roupas rasgadas, furadas, manchadas, largas e apertadas, depois JOGUE FORA!

Primeiro passo para se tornar mais elegante, é ter o habito de se vestir adequadamente até em casa.

Roupas que precisam de conserto devem ser encaminhadas à costureira IMEDIATAMENTE, se você passa 3 meses com uma peça rasgada, sem arruma, meu bem… Você não precisa dela, definitivamente. Portanto, coloque na sacolinha da doação, que muita gente tá precisando dela.

 

  1. Faça algumas perguntas essenciais:

Após a triagem, para você saber o que fica e o que saí, faça para você mesma algumas perguntas. “Qual foi a última vez que usei essa roupa? Em qual ocasião eu a usaria novamente? Tem algum apelo sentimental essa peça?

Parecem perguntas bobas, mas não são. Faz parte de se conhecer bem e entender o que funciona e o que não funciona no seu corpo.

Não pense no dinheiro que você gastou ao comprar na época, mas no que ela representa agora para você. Muitas vezes essa peça ocupa um espaço que seria extremamente necessário para a funcionalidade do dia a dia. A ideia não é ir se desfazendo de tudo e sim entender que de fato você não precisa de determinada peça.

Se você investiu muito e tá presa nesse quesito, uma boa alternativa é vender a peça. Vai lucrar uma grana e espaço no armário.

 

  1. Separe as roupas por critérios como: cor, categoria e funcionalidade:

Agora que você já eliminou o que não quer mais, é hora de organizar. Você pode escolher separar por cor, categoria, funcionalidade ou por outro critério que se encaixar melhor com a sua rotina.

No meu caso, eu separo por categoria, como: casaco, saia, calça, blusa, e dentro de cada categoria, organizo por cores.

Por exemplo, as blusas penduradas podem ser separadas por regata, manga curta e manga longa. Primeiro vem as regatas claras até as mais escuras e assim por diante.

Acontecimentos que transformaram a moda no mundo

O legado de Coco Chanel

Como eu fiz coloração pessoal e sei exatamente as cores que me valorizam, além de entender bem o meu estilo e tipo de corpo, consegui reduzir meu armário em 60% com peças que eu realmente uso e o melhor, todas combinam entre si.

Particularmente, não me encontro muito em gavetas, nem com roupas dobradas. Prefiro visualizar tudo e escolher o look olhando todas as possibilidades.

 

  1. Organizando as gavetas:

Mas se você consegue encontrar suas roupas em gavetas, dê preferência por guardar suas roupas íntimas, pijamas, roupa de ginástica e acessórios. Você pode usar divisórias dentro das gavetas, como as colmeias ou até mesmo fazer sob medida, que facilitam e auxiliam na organização.

 

  1. Utilize organizadores: 

 Caixas fazem a função de gavetas nas prateleiras. Use para guardar biquínis, por exemplo, ou acessórios de inverno (luvas, gorro, cachecol).

Outro produto organizador importante é o gabarito, que serve de molde para que as roupas sejam dobradas todas do mesmo tamanho. Isso facilita a organização e o visual fica mais harmônico.

 

  1. Padronize os cabines:

Se você está disposta a investir um pouco mais na organização, encontre uma opção de cabide que se encaixe perfeitamente nos tamanhos das suas peças, para que não fique marcando os ombros.

Há milhares de opções, materiais, cores, mas independente dessa diversidade de cabides, escolha um modelo para compor o seu guarda-roupa ou closet. Isso vai variar de acordo com o seu gosto, espaço e o quanto você quer gastar.

 

  1. Guarde as bolsas em prateleiras:

Bolsas e sapatos sempre nos deixam com a maior indecisão, já que precisam de espaços apropriados para que eles mantenham seus formatos, beleza e durabilidade.

Primeira dica é colocar algum tipo de enchimento dentro das bolsas e dos sapatos para sustentar e não amassar.

Prefira mantê-los em prateleiras, e uma peça de cada vez, nada de tudo amontoado.

Conseguir colocar tudo isso em prática vai ser um tanto complicado, mas vale a pena tentar. Depois você vai perceber como está se arrumando mais rápido.

Sobre o Autor

Avatar

Rochany Rocha

Oi! Sou Comunicadora Social, com habilitação em jornalismo, o que me deu oportunidades incríveis de dirigir uma grande rádio, além de trabalhar como assessora de imprensa de grandes instituições públicas e privadas. Como Docente, tive a oportunidade de compartilhar meus conhecimentos com mais de 2 mil alunos. Já a especialização em Marketing e Jornalismo político me deu a oportunidade de conhecer pessoas incríveis e hoje, me realizo informando coisas boas para meus leitores.
Sou mãe de dois meninos lindos, que me dão motivação diária para fazer o que mais amo. Quer saber um pouco mais? Então manda um e-mail para blogrochanyrocha@gmai.com e terei o maior prazer em respondê-los. Beijos!!

Deixe um comentário

Clique aqui para deixar um comentário

Open chat