Acontece Saúde

Vacina: você está preparado para a imunização?

Vacina contra covid
Vacinação no Brasil começa em janeiro.

 

Depois de muita pesquisa, teste e espera, a tão sonhada vacina contra o novo Corona vírus está chegando e ainda deixa muitas dúvidas na população, se é seguro ou não.

Mas como funcionam as vacinas? Bem, qualquer tipo de vacina funciona estimulando o corpo a se defender contra os organismos, como vírus e bactérias, que provocam doenças.

As primeiras vacinas foram descobertas há mais de duzentos anos, e atualmente, são utilizadas técnicas muito modernas para preparar as vacinas em laboratórios, que podem ser produzidas a partir de organismos enfraquecidos, mortos ou alguns de seus derivados.

Quando a pessoa é vacinada, seu corpo detecta a substância da vacina e produz uma defesa: os anticorpos, que permanecem no organismo e evitam que a doença ocorra no futuro, é o que se chama de imunidade.

Imunidade ao Cornavírus, é isso uma das coisas que mais buscamos atualmente, pois significa saúde, bem estar, restabelecimento da economia, ou seja, um retorno à vida normal.

Alguns países já iniciaram a vacinação contra a Covid-19. O Brasil, por sua vez, ainda está nos atos preparatórios.

Várias são as polêmicas envolvendo as vacinas no Brasil e boa parte delas gira em torno, pura e simplesmente de política. E não era pra ser assim.

Bem, independente disto, o fato é que está chegando a hora da população brasileira começar a ser imunizada contra esse vírus que vem causando grandes estragos nas famílias.

Mas você está preparado para tomar a vacina? Sabe quais documentos precisa portar para ser vacinado?

Bom, aqui no Brasil, a aplicação da vacina deve iniciar entre 20 de janeiro e o início de março, conforme foi destacado pelo Ministério da Saúde. Porém, enquanto ela não começa, todos devemos manter os cuidados sanitários como uso de máscaras ao sair de casa e manter sempre as mãos higienizadas com uso de água e sabão ou álcool à 70%.

Conforme o plano de vacinação apresentado pelo Ministério da Saúde, a ideia é que nenhum brasileiro deixe de receber a vacina, mesmo que não apresente nenhum documento, mas é claro que para haver um controle de aplicação das doses é necessário apresentar o número do CPF ou o Cartão Nacional de Saúde (CNS) também conhecido como cartão do SUS que reúne todo o histórico de um paciente na rede pública.

Se você ainda não possui um Cartão Nacional de Saúde, basta ir até a unidade de saúde ou à secretaria de saúde municipal, levando seu RG, CPF, certidão de nascimento ou casamento e, caso tenha, número PIS/PASEP, além de comprovante de residência, lembrando que o cartão fica pronto imediatamente.

Se você perdeu o seu cartão é possível emitir a segunda via nos mesmos locais da emissão da primeira via, bem como através do sistema SUS Online ou aplicativo conecte SUS, conforme links abaixo:

Dowload para dispositivos Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.datasus.cnsdigital&hl=pt&gl=US

 

Dowload para dispositivos iOS:

https://apps.apple.com/br/app/conecte-sus/id1045754608

 

Acesso pelo computador:

https://conectesus-paciente.saude.gov.br/menu/home

 

Conforme divulgado pelo Ministério da Saúde, todos os dados de todos os brasileiros e brasileiras vacinados serão inseridos no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI).

A plataforma irá registrar informações como o local onde cada um foi vacinado, o número de CPF ou do Cartão Nacional de Saúde, a data de nascimento, data da vacinação, nome da vacina e do fabricante, assim como tipo de dose, número de lote e validade do imunizante.

Então, você não precisa se preocupar, pois conforme o Ministério da Saúde, mesmo que você não apresente os documentos mencionados acima e que seu nome não esteja nas bases de dados, você poderá tomar a vacina, mas terá que comprovar que você pertence ao grupo prioritário correspondente à data da vacinação.

Sobre o Autor

Avatar

Rochany Rocha

Oi! Sou Comunicadora Social, com habilitação em jornalismo, o que me deu oportunidades incríveis de dirigir uma grande rádio, além de trabalhar como assessora de imprensa de grandes instituições públicas e privadas. Como Docente, tive a oportunidade de compartilhar meus conhecimentos com mais de 2 mil alunos. Já a especialização em Marketing e Jornalismo político me deu a oportunidade de conhecer pessoas incríveis e hoje, me realizo informando coisas boas para meus leitores.
Sou mãe de dois meninos lindos, que me dão motivação diária para fazer o que mais amo. Quer saber um pouco mais? Então manda um e-mail para blogrochanyrocha@gmai.com e terei o maior prazer em respondê-los. Beijos!!

Deixe um comentário

Clique aqui para deixar um comentário

Open chat