Sebrae leva profissionais da beleza para a Hairnor

0

Entre os dias 1, 2 e 3 de julho, o Centro de Convenções de Pernambuco, em Recife, vai sediar a maior feira de beleza do Nordeste, a Hairnor, que este ano completa 10 anos, se consolidando e entrando para o ranking dos melhores eventos de beleza do Brasil.

Pensando nisso, a Unidade do Sebrae de Serra Talhada, vai facilitar seu acesso ao evento, com a saída de ônibus das cidades de Salgueiro (30 vagas), Serra Talhada (30 vagas) e Afogados da Ingazeira (20 vagas).

Os interessados em participar devem entrar em contato com a analista Ana Paula ou a Auxiliar Administrativo Renata Nascimento na sede do Sebrae, localizada na Praça Barão do Pajeú, 929, ou ligar para (87) 3831-1552 para efetuarem a inscrição e garantirem suas vagas.

“Neste evento teremos a oportunidade de conhecer mais de 300 expositores, vendo de perto seus produtos e serviços, trocar ideias e ampliar a visão de mercado e empreendedorismo dos profissionais da beleza da nossa região”, afirma Ana Paula.

A Feira

A HAIRNOR é um grande Evento para fazer negócios na região Nordeste. É um fórum de atualização do setor da beleza. A Feira é uma garantia de vendas e bons negócios. Um público formado por pessoas ligadas ao setor da beleza, como: fabricantes, distribuidores, lojistas, cabeleireiros, manicures, esteticistas, maquiadores, consultores, empresários, franqueados, profissionais liberais e compradores de toda a Região.

  • Mais de 352.000 pessoas em seis edições
  • Mais de 52.000 foi o público visitante em 2018
  • Mais de 380 marcas expositores
  • Mais de 21 milhões em negócios durante os três dias de realização em 2016

Cursos

Em decorrência do evento, O Sebrae está promovendo uma série de cursos e capacitações para maquiadoras, cabelereiras, manicures e profissionais da beleza, para se prepararem para o evento de junho.

Na noite desta segunda, foi dado o pontapé inicial com a Oficina  Tendências de mercado para Salões de Beleza.

Compartilhe:

Melhores cortes de carne bovina para churrasco

0
T-bone Bovina

Na hora de fazer um bom churrasco a escolha dos cortes é uma das principais etapas, pois pode influenciar tanto positivamente quanto negativamente.

É de suma importância que você tenha consciência que “não existe carne de segunda quando o boi é de primeira”, frase de autoria do saudoso Marcos Bassi, grande especialista em churrasco. Ou seja, quando o boi é de excelente procedência, a carne terá um altíssimo grau de maciez.

Para ajudar você na escolha de uma boa carne para churrasco, listamos os melhores cortes e mostramos suas vantagens. Confira!

Costela Bovina

Costela

A Costela especialmente na região sul do país é o corte mais consumido do churrasco, superando a picanha.

Além do excelente custo x benefício a costela tem um sabor único no churrasco, apenas exige paciência.

Para preparar uma boa costela é necessário de 4 a 5 hs de fogo brando a uma distância de 60cm do braseiro para ficar macia e saborosa.

Picanha Bovina

Picanha

A Picanha é talvez uma das mais conhecidas e melhores carnes para churrasco e pode ser preparada de diversas formas.

Pode ser preparada inteira, em postas no espeto, ou em bifes altos na grelha.

Contrafilé Bovino

Contrafilé

O Contrafilé talvez seja o corte mais democrático do churrasco, a partir dele é possível obter diversos outros cortes, com diferentes sabores e quantidades de gordura.

Entre os mais conhecidos no Brasil, podemos destacar:

Bife de Chorizo

Bife de Chorizo

 

Retirado da parte traseira do contrafilé (mais próxima do centro), o bife de chorizo é um corte para churrasco muito apreciado por nossos vizinhos em toda América do Sul, principalmente os países como a Argentina e o Uruguai.

Possui uma camada de gordura característica que cobre todo o corte e deve ser grelhado na churrasqueira em bifes altos, de no mínimo dois dedos de espessura para preservar a suculência e maciez da carne.

                

Bife Ancho

Bife Ancho

O bife ancho também faz parte do contrafilé, está localizada na parte dianteira da peça.

É característico por ter uma ótima quantidade de gordura marmorizada (que fica entremeada na peça), deixando o corte muito saboroso e macio.

Também deve ser preparado diretamente na grelha, em cortes altos e servido preferencialmente ao ponto.

T-bone Bovina

T-bone

O t-bone está localizado na ponta do traseiro do contrafilé (parte que encosta no alcatra) e traz no corte um pedaço do filé mignon, um osso no formato de T (por isso o nome) e o próprio contrafilé.

Assim como o bife de chorizo e bife ancho, fica ótimo grelhado e pode ser uma opção de corte diferente, para variar um pouco das mais tradicionais carnes para churrasco. 

Alcatra

Alcatra

A peça inteira de alcatra nos reserva boas opções de carne para churrasco, é dela que retiramos por exemplo a picanha, a maminha e o miolo da alcatra, todos esses cortes ficam excelentes na churrasqueira.

Falando especificamente do miolo da alcatra, é uma carne para churrasco geralmente um pouco mais magra, mas fica muito saborosa grelhada.

Deve ser preparada em bifes altos, com média de dois dedos masculinos de espessura e servida preferencialmente ao ponto.

Também é ótima opção de corte para quem prefere a carne um pouco mais passada, sem perder o sabor e sem ficar dura.

Fraldinha

A Fraldinha é um corte muito saboroso e com excelente custo x benefício, fica localizado próximo do vazio e da costela.

A fraldinha possui as fibras bem longas, deve ser assada inteira no espeto e fica muito macia quando cortada da maneira correta (contra a fibra).

Maminha bovina

Maminha

A Maminha é uma ótima opção de carne para churrasco, fica localizada na ponta do miolo de alcatra.

Podemos dizer que a maminha é naturalmente menos saborosa que a picanha e o próprio miolo de alcatra, por isso o ideal é assar a maminha inteira na churrasqueira, assim a pequena camada de gordura vai dar mais sabor e maciez ao corte.

Juliano Rodrigues

RIBB`S Churrasco e Delivery

 

Compartilhe:

Comandante faz explicações sobre a Guarda Municipal em sessão da Câmara

0

Nesta segunda (13/05), aconteceu mais uma sessão ordinária da Câmara Municipal de Vereadores de Serra Talhada, com a participação do Senhor Givaldo de Souza, comandante da Guarda Municipal, que fez uso da tribuna para falar sobre a implantação da Lei nº13.022, que discorre sobre as normas gerais para a guarda municipal de Serra Talhada.
De acordo com o comandante, desde que a lei foi sancionada, foi apresentado o novo modelo, mas que não foi possível colocar tudo em prática. “Acionamos o governo municipal para a implantação do projeto em Serra Talhada. Apresentamos projeto, mas não é nossa responsabilidade, a execução deve partir do poder público. Abre-se a perspectiva de captação de recurso, mas são passos futuros. Estamos cientes que alguns projetos para serem executados não precisa de muita coisa, mas estamos aguardando retorno nas reivindicações. A Guarda passou a escrever sua própria história, hoje está ajustada a ordem e a prestação de serviço a todos serra-talhadenses” explica o comandante.
Questionando pelo vereador José Raimundo, Givaldo falou sobre o efetivo da guarda. “Atualmente temos 80 homens, todos concursados e desses, 20 estão cedidos para órgão estaduais, contribuindo com a preservação do bem público”, conta.
Já Sinézio Rodrigues, confrontou sobre o prazo estabelecido pela Lei 13.022, que estabeleceu até o ano de 2016 para que as guardas se adequassem às leis, e três anos após o vencimento do prazo, nada foi feito de concreto. “Entendemos que o projeto precisa do apoio do executivo, mas já era para estar funcionando. O prazo foi extrapolado e o que não pode é continuar desobedecendo a lei. É necessário um olhar para a guarda a fim de que ela cumpra o papel social”.
Dentre os artigos presentes na Lei de nº 13.022, a Guarda Municipal deve estar devidamente uniformizada e com equipamentos uniformizados, outro tema questionado pelo vereador com relação a equipe estar armada e capacitada, além do plano de cargos e salários.
“Foi implantada a ouvidoria e qualquer cidadão tem que ter treinamento ao ingressar em um trabalho, a partir do momento que assumimos a guarda, essa foi a primeira interpelação nossa com a gestão, a capacitação e treinamento dos profissionais. Nunca nos furtamos para pedir melhorias para a equipe de Serra Talhada, que tem o papel mais extensivo, não só com os bens materiais”, ressalta o comandante que completa fazendo um apelo aos vereadores no sentido de apoiar a categoria e destravar os impasses que impedem o bom funcionamento da instituição. “Não temos profissionais recebendo menos que um salário mínimo, e todos os pagamentos estão em dia. Agora, com a ajuda dos vereadores, é possível conseguirmos ir mais longe para o benefício do nosso município”.

Compartilhe:

Coroa de flores e seu significado

0

Quando alguém querido morre, é uma tradição enviar flores como sinal de condolências, assim como para homenagear os mortos em visitas ao cemitério. Nos velórios, as coroas de flores são os destaques, trazendo cor e leveza a qualquer funeral.

Mas por que são usadas flores? O que representam as coroas e como elas são feitas? É o que veremos no post de hoje. Continue a leitura e saiba mais.

Por que usamos flores nos velórios?

De modo geral, as flores representam o ciclo da vida, uma vez que elas são a parte reprodutora das plantas. Assim, simbolicamente, estão ligadas tanto à vida quanto à morte, que também pode ser compreendida como um recomeço.

Além disso, cada flor também carrega um significado especial, por exemplo:

  • crisântemo: representa sinceridade e completude;
  • rosa branca: paz e harmonia;
  • kalanchoe: felicidade;
  • gérbera: pureza e inocência (usada, principalmente, para homenagear crianças);
  • copo de leite: paz, tranquilidade e pureza;
  • lisianto: sensibilidade (usada em coroas e ramos para mulheres);
  • lírio: pureza espiritual.

O que significam as coroas nos funerais?

As coroas de flores são usadas em funerais desde a Grécia Antiga, sendo também uma tradição entre os vikings e alguns povos orientais. Elas simbolizam o ciclo de vida eterna, no qual a morte representa uma passagem para uma nova vida.

Nos tempos modernos, adquiriram uma função especial, dada a forma como os funerais são feitos. As coroas são mais práticas de serem colocadas nos caixões e nas sepulturas, além de também carregarem mensagens em sua estrutura.

A faixa localizada no centro desses arranjos acabou se tornando uma forma eficiente de transmitir condolências quando alguém morre. Basta comparar com os cartões presentes nos ramos ou buquês, que muitas vezes passam despercebidos e acabam sendo jogados fora.

Por esses motivos, as coroas de flores se tornaram uma tradição, uma forma delicada e carinhosa de homenagear o falecido, seja individualmente ou em grupo. Por sinal, elas são muito procuradas por empresas e outras entidades de classe para a homenagem funcionários mortos.

Como são feitas as coroas de flores?

Fazer uma coroa de flores não é muito simples, o que pode justificar o preço mais alto cobrado por elas em relação aos buquês. Além disso, o valor varia bastante de acordo com as flores escolhidas e outros materiais usados.

Os modelos mais simples são montados sobre uma base de esponja em forma de arco, na qual são espetadas as flores, uma a uma. Elas devem ser colocadas na mesma altura, retirando-se algumas folhas e preenchendo toda a base.

O acabamento é feito com folhagens e galhos secos, de acordo com o tipo e a cor das flores usadas. Por fim, basta colocar o laço ou a faixa com a frase de condolências e outros enfeites. A coroa normalmente é colocada sobre um pedestal ou encostada no túmulo.

Enfim, as coroas de flores podem ser uma maneira elegante e prática de prestar as últimas homenagens a uma pessoa querida. Além do mais, são arranjos bonitos que podem trazer um pouco mais de conforto nesse momento delicado de pesar.

No Grupo BM, você homenageia com coroas de flores naturais a partir de R$180,00 à vista, ou se preferir, pode parcelar em até 2x no cartão.

E aí, o que achou desse post? Curta nossa página do Facebook e acompanhe nossas dicas sobre espiritualidade, bem-estar e como lidar com a morte.

Compartilhe:

Estudante do IF Sertão de ST ganha prêmio de redação

0

Na última sexta-feira (10), a estudante do 3º ano do Ensino Médio Integrado, do campus Serra Talhada do IF Sertão-PE, Luane Ferraz, esteve junto aos professores Alane Luma e Cícero Muniz, na entrega do XI Prêmio Naíde Teodósio de Estudos de Gênero, em Recife.

O motivo da presença da aluna na cerimônia, é que a redação dela foi uma das 10 premiadas, entre mais de mil produções, na categoria “Redação de Ensino Médio”.

O Prêmio Naíde Teodósio é realizado pela Secretaria da Mulher de Pernambuco desde 2008, e premia artigos, redações e experiências pedagógicas exitosas de estudantes de Ensino Médio, Subsequente e professores de todo o estado, relacionadas a Estudos de Gênero.

A cerimônia, realizada no teatro de Santa Isabel, contou as presenças da secretária da Mulher do Estado, Silvia Cordeiro, da vice-governadora, Luciana Santos, além de estudantes e professores de escolas públicas da capital e de diversas cidades de Pernambuco.

Em sua produção, Luane falou sobre a desigualdade de gênero no campo da ciência, citou o quanto muitas mulheres cientistas foram invisibilizadas ao longo dos séculos e do quanto, apesar dos avanços, ainda há uma disparidade entre o reconhecimento dado a homens e mulheres em todo o mundo.

Compartilhe:

Poesia feminina do Pajeú será mapeada

0

Valorizar, divulgar e garantir a visibilidade da produção poética de mulheres que participaram da formação cultural da região do Pajeú, no Sertão de Pernambuco, é o que move o projeto As Poetas do Pajeú. A iniciativa idealizada pela poeta e artista visual Mariana de Matos pretende destacar a produção dos últimos 100 anos das poetas que contribuíram para a manutenção da literatura local e catalogá-las em um acervo virtual que ficará disponibilizado gratuitamente.

Segundo Mariana, o projeto surgiu ao notar a ausência significativa das mulheres do Pajeú nas antologias literárias, evidenciando as implicações históricas, sociais, políticas e culturais que ocultaram o registro de suas obras e presenças na historiografia literária pernambucana e, consequentemente, brasileira. “Para construirmos possibilidades mais democráticas, torna-se impreterível que as vozes não hegemônicas sejam escutadas, que haja mais espaço e legitimidade para o fazer artístico das mulheres”, defende.

Com incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, através do Funcultura, o projeto vai percorrer os 17 municípios que integram a região do Pajeú (Quixaba, Iguaracy, Santa Cruz da Baixa Verde, Santa Terezinha, Brejinho, São José do Egito, Carnaíba, Solidão, Calumbi, Tabira , Itapetim, Tuparetama, Flores, Triunfo , Serra Talhada, Ingazeira e Afogados da Ingazeira) em busca de diferentes perfis de poetas. São elas: as que já são conhecidas e publicadas; as que ainda são inéditas; de distintas gerações; poetas cantadoras de repente, emboladoras e cantoras de coco, como forma de respeitar a diversidade de formas de conhecimento e saber artístico, e entender que a experiência poética pajeuzeira apenas constata os atravessamentos das várias linguagens artísticas e a diversidade; Poetas vivas ou em memória que, não só nasceram no local, mas que também tiveram sua produção relacionada às vivências do Pajeú, colaboraram para a tradição literária local e que são reconhecidas por outras poetas e pelo público como pertencentes ao panorama literário desse território.

Apoio Popular

O mapeamento das poetas do Pajeú está sendo realizado com pesquisa de campo, e terá algumas ações locais. E a colaboração da população para resgatar a história é essencial na reconstrução desse cenário. Por isso, está sendo disponibilizando alguns canais de comunicação para as pessoas que são ou dispunham de informações de mulheres poetas descritas nos perfis acima possam entrar em contato com a equipe do projeto. O primeiro canal é o e-mail aspoetasdopajeu@gmail.com ,que deve ser enviado contendo nome, idade, cidade, contatos e pequena descrição de suas produções poéticas. E o segundo canal são as redes sociais no Instagram e no Facebook .

Uma vez mapeadas, as poetas catalogadas estarão em uma plataforma virtual de acesso gratuito. Através dessa área, o público poderá conhecer as produções poéticas de mulheres que contribuíram para a formação do Pajeú, além de desenvolver novas pesquisas acerca das produções individuais das poetas, promover reflexões sobre a condição e contexto de vida dessas mulheres e desenvolver novos conteúdo didáticos para o ambiente educacional, entre outros desdobramentos possíveis.

Compartilhe:

EM FOTO RARÍSSIMA, JULIA ROBERTS APARECE COM OS FILHOS E O MARIDO

0

O tempo passa e a gente nem percebe direito, né? São momentos como este, quando vemos os filhos de Julia Roberts, que raramente aparecem em público, que percebemos que os anos passam mais rápidos do que imaginamos.

A atriz de 51 anos, que é casada desde 2002 com o diretor de fotografia Daniel Moder, 50, apareceu rodeada pela família e os pimpolhos roubaram a cena! Na imagem, os papais aparecem com os gêmeos Hazel Phinnaeus, de 14 anos, e o caçula Henry, de 11.
Seguidores, claro, ficaram encantados e falaram, inclusive, de como o trio cresceu. “Aproveite sua família, porque o tempo passa rápido demais”, comentou uma moça. “Que foto linda!”, elogiou outra. “Família perfeita! Amo”, ainda comentou outra.
Compartilhe:

Maiara chama Fernando de marido em post nas redes sociais

0

O cantor Fernando acompanhou a namorada no show da dupla Maiara e Maraisa na noite de domingo em Maringá, no Paraná, e ficou com ciúmes em ver a namorada dançando até o chão no palco.

Em vídeo publicado por ele nas redes sociais, ele mostra a performance de Maiara interpretando a música Jenifer, do cantor Gabriel Diniz. Depois, no palco, o cantor “reclama”. “Para, amor, nem estou rebolando desse jeito”, defende-se Maiara aos risos.

Nesta segunda, a cantor usou as fotos do show para se declarar a Fernando e revelar que agora o chama de marido. “Ahhhh marido! Chamego meu”, escreveu ela. “Te cuido. Te amo.Te quero assim… sempre comigo”, derreteu-se.

Em vídeo no camarim, Maraisa também entregou o novo apelido do cunhado ao imitar a irmã falando. “Maridinho”.

Fernando e Maiara assumiram o namoro em março. Mas o pedido oficial de namoro veio em maio, quando o cantor fez uma surpresa para ela: espalhou 3 mil passarinhos de papel pela casa e encheu a cama com pétalas de rosas para fazer o pedido. “Sim!!!! Sim!!!! Sim!!! Mil vezes Sim!!! Meu NAMORADO lindo… Você é o homem que pedi pra Deus… E obrigada por construir os melhores momentos da minha vida!!! Te amo!”, desmanchou-se a cantora nas redes sociais.

Compartilhe:

Juventude em ação acontece no próximo sábado, 18

0

Realizado pelo vice-prefeito de Serra Talhada, Márcio Oliveira, o Juventude em Ação chega ao seu terceiro ano consecutivo e será realizado no sábado (18.05), a partir das 18h, na Estação do Forró. A festa será animada pelas atrações Felipão, Harry Estigado, Ciel Rodrigues e Forrozão 1000.

Os ingressos são limitados e estão sendo trocados por 2 quilos de alimentos não perecíveis na tenda montada na Praça Sérgio Magalhães e na Start Print, no Alto Bom Jesus, no horário das 09h às 17h.

 “O Juventude em Ação é um projeto que visa promover  esporte, lazer, entretenimento e solidariedade, atendendo dezenas de crianças e adolescentes no município. Chegamos esse ano a terceira edição do evento e temos certeza que será um grande sucesso, assim como foi nos anos anteriores. Convidamos toda a sociedade para participar prestigiando a festa no sábado, dia dezoito, e ao mesmo tempo contribuir com a doação de alimentos para famílias carentes”, explicou Márcio Oliveira.

O projeto beneficente Juventude em Ação já arrecadou mais de 15.000 quilos de alimentos e beneficiou mais de 1.500 famílias em Serra Talhada nas duas primeiras edições.

Compartilhe:

Novo pátio para ambulantes será inaugurado em Serra Talhada

0

A Prefeitura de Serra Talhada, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, inaugura o novo pátio que vai abrigar os trabalhadores ambulantes da capital do xaxado.

O ato acontecerá às 9 horas, desta segunda e contará com a presença do prefeito Luciano Duque.

O novo espaço, batizado de Pátio de Comercialização Lero Pereira, será aberto para a maioria dos ambulantes que comercializavam em ruas e calçadas de Serra Talhada.

A prefeitura pretende criar uma campanha publicitária para atrair consumidores ao local.

ASCOM

Compartilhe:

Últimos Posts