Acontece Beleza Eventos Fashion Moda

São Paulo Fashion Week começa nesta quarta (4)

Num dos anos mais dramáticos da história, falar sobre roupas poderia soar esdrúxulo. Mas, para as grifes da São Paulo Fashion Week, que começa agora e vai até o domingo, é a hora de mostrar como a moda pode se desgarrar dos rótulos de ser um setor acéfalo, racista e consumista.

Produzir os vídeos que serão exibidos online pelo evento e em projeções pela cidade foi um desafio sem precedentes.

Uma das estreias deste ano, a Aluf, da estilista Ana Luisa Fernandes, usou a matéria-prima da coleção que havia desenvolvido no início do ano –a marca é conhecida por defender atitudes sustentáveis.

“Muitas marcas estavam desenvolvendo coleções para um outro momento do mundo. Conseguimos remanejar o que tínhamos em vez de fingir que nada daquilo havia sido criado”, afirma Fernandes.

Mesma ideia teve Juliana Jabour, que volta à SPFW com 40 looks com estampas de esportes como beisebol, basquete e futebol americano. Os temas têm a ver com a parceria com a marca de bonés New Era.

“Quando paralisamos tudo, as pessoas que colaboram comigo ficaram sem trabalho. Então, mais do que nunca o desfile é necessário”, diz Jabour. Ela adaptou parte das peças que estavam prontas, retirou as mais pesadas para o desfile ter uma cara de verão e manteve os traços do punk vinculados à própria história.

Olhar para o sistema, repensar formatos e reafirmar os códigos estéticos da moda é o lado mais visível desta SPFW.
O estilista Isaac Silva, da nova geração de designers que investigam a cultura brasileira sob o prisma da diversidade racial, chamou a própria equipe para vestir as peças no vídeo que mostra no domingo.

As criações são uma homenagem ao orixá Iemanjá e também à avó, Jacira, que morreu neste ano e o ajudou a entender mais sobre a moda.

“É uma coleção de agradecimento por tudo que passei nesses meses de isolamento, quando não sabíamos o que esperar e a marca estava no amarelo, sem caixa”, ele diz.

Sua homenagem, repleta de alfaiataria suntuosa, malharia e flores, se destacam colaborações com a artista Jacqueline Paes e a designer Neon Cunha, ativista da luta por reconhecimento dos transexuais.

Assim como em diversas semanas de moda, como as de Milão e Paris, que passaram a pôr em primeiro plano a sustentabilidade e a inclusão racial e de gênero, a SPFW se prepara para uma nova fase.

Ela é orquestrada pela organização junto ao coletivo Pretos na Moda e quer fazer com que os desfiles se tornem multirraciais e respeitem mais os profissionais dos bastidores.

Metade dos modelos no evento agora deve ser negra, indígena ou afrodescendente, sob pena de exclusão pelo descumprimento da regra. A medida foi a primeira oficializada de um projeto mais amplo de inclusão e reconhecimento desses segmentos antes apagados nas passarelas.

Talvez uma das estreias desta São Paulo Fashion Week que promete resumir todas essas mudanças no sistema da moda numa única apresentação é a Misci, do estilista mato-grossense Airon Martin.

O designer estreia na semana de moda com a coleção “Brasil Impúbere”, com um vídeo gravado no distrito de Atafona, em São João da Barra, no Rio de Janeiro, uma área que vem sendo engolida pelo mar e virou metáfora do descaso com o meio ambiente.

Nas cenas, protagonizadas pela modelo de ascendência indígena Emilly Nunes, as roupas são feitas com matéria-prima brasileira. Uma delas é a seda rústica produzida no Paraná, de onde vêm alguns dos fios desse tecido considerados os melhores do mundo.

“O papel da moda hoje é trazer o usuário para a reflexão, sobre esse país que precisa de amadurecimento, de se reconhecer, e a partir disso, evoluir”, afirma o estilista.

Desfiles de hoje

Fernanda Yamamoto

14h – Estilista desfilará coleção com peças feitas em colaboração com a designer Clarisse Romeiro

Victor Hugo Mattos

15h – Estreia no calendário oficial do evento com sua moda baseda em upcycling

Irrita

16h – Estreia da marca própria da estilista Rita Comparato, ex-sócia da extinta Neon

Isabela Capeto

18h – Carioca mostrará suas roupas feitas com técnicas manuais e estilo solar

ÁLG

19h30 – Estreia da marca do empresário Fabio Souza desenhada por Alexandre Herchcovitch

Lenny Niemeyer

21h30 – Porta-voz da moda praia carioca mostrará profusão de cores e florais

 

*Folha PE

 

Sobre o Autor

Rochany Rocha

Oi! Sou Comunicadora Social, com habilitação em jornalismo, o que me deu oportunidades incríveis de dirigir uma grande rádio, além de trabalhar como assessora de imprensa de grandes instituições públicas e privadas. Como Docente, tive a oportunidade de compartilhar meus conhecimentos com mais de 2 mil alunos. Já a especialização em Marketing e Jornalismo político me deu a oportunidade de conhecer pessoas incríveis e hoje, me realizo informando coisas boas para meus leitores.
Sou mãe de dois meninos lindos, que me dão motivação diária para fazer o que mais amo. Quer saber um pouco mais? Então manda um e-mail para blogrochanyrocha@gmai.com e terei o maior prazer em respondê-los. Beijos!!

Deixe um comentário

Clique aqui para deixar um comentário

Open chat