A artesa Dona Fafá.
Dona Fafá exibindo seus produtos em Feira de Artesanato. Foto: reprodução.
Destaques Moda

Artesã transforma pele de peixe em itens de moda

A sustentabilidade está cada vez mais atingindo diversos meios de vida no nosso país. A produção de moda sustentável é uma delas. Muita gente sabe que para proteger o nosso planeta, é preciso pensar bem em como utilizar os diversos tipos de matérias-primas existentes, a fim de reduzir ao máximo a quantidade de lixo gerada pela população.

Pensando nisso, Fátima Belém, artesã de Petrolândia, no sertão de Itaparica, começou a produzir peças com pele de peixe tilápia por meio da Associação Café com Arte. “Nós começamos a produzir a partir do momento que vimos muitas peles sendo jogados fora no mercado público, jogadas no lixo. E nesse momento chegou a preocupação da gente ter um produto novo diferente no nosso município, para que se tornasse a nossa marca, e que fosse sustentável. Então começamos assim fazendo nossos produtos artesanais”.

Leia mais
Pele de peixe no mercado de luxo da moda

O que antes era lixo se tornou itens de moda: Fátima, carinhosamente chamada de Dona Fafá, consegue transformar a pele de peixe em bolsas, tiaras, brincos, colares, pulseiras e sandálias. Mas para isso, é preciso um longo preparo do material. “O processo para preparar a pele é muito devagar, porque temos que curtir a pele da tilápia, e depois temos que tingi-la para poder preparar as peças. No início, fazíamos esse processo de produção todo natural e artesanal, mas hoje estamos usando um produto chamado tanino, através do apoio do SEBRAE e também do SENAI de Campina Grande”.

Peças feitas com pele de peixe.
Peças produzidas por Dona Fafá usando pele de peixe tilápia. Foto: reprodução.

Dona Fafá conta que alem de trabalhoso, a produção dessas peças também enfrenta algumas dificuldades. Entre elas, a falta de mão de obra, e por ultimo, a pandemia. Ainda assim, com muito esforço, ela consegue, junto com sua equipe, levar a arte para todo o país. “Nós vendemos para Recife, Rio, São Paulo. Onde o produto chega, vende. Nas feiras de artesanatos, como a FENEARTE, por exemplo.

Peças produzidas com pele de peixe.
A pele de peixe vira itens de mora. Foto: reprodução.

E agora, a arte de Dona Fafá pode chegar ainda mais longe. Ela vai participar do desfile virtual do I Encontro de Moda do Sertão, promovido pelo Blog Rochany Rocha em parceria com o Sebrae. “Nós já tivemos em nossa cidade o primeiro desfile. Foi muito bom, excelente. Mas hoje como nosso produto está bem conhecido, e nós queremos que ele seja mais conhecido ainda, é um orgulho essas peças estarem no desfile de do Blog de Rochany. A internet abre ainda mais portas, e agora, poderemos levar o nosso nome, nossa marca e nossa alegria para o mundo todo”.

Sobre o Autor

Caren Diniz

Caren Diniz é jornalista formada em 2010 pela Universidade Paulista. Nascida e criada na capital de São Paulo, se mudou para Serra Talhada em 2011, e desde então, atua em veículos de comunicação locais, como a rádio Cultura e a Tv Asa Branca, afiliada Rede Globo.
Caren costuma escrever sobre jornalismo diário, e destaca histórias de personagens locais.

Deixe um comentário

Clique aqui para deixar um comentário

Open chat